domingo, 7 de fevereiro de 2016

Bloqueio de tela no Lubuntu tem problemas

Ao instalar o Lubuntu-Desktop no seu Ubuntu, é possível que você tenha alguns problemas com o bloqueio de tela. Isso deve está acontecendo pela falta de compatibilidade no LXDE com o Ubuntu. A questão aqui é que você precisa aprender a usar o novo ambiente instalado.

Para configurar o bloqueio de tela no Lubuntu, você não poderá usar o utilitário de configuração do Ubuntu pois ele não funcionará. Ao invés disso, você precisa seguir os passos Botão LXDE > Preferências > Configurações do Light Locker. Tente desligar e ligar o Light-Locker e veja se o bloqueio de tela funciona normalmente, no meu caso, eu desativei.
Utilitário do Lubuntu para configurar o bloqueio de tela (Marca Azul). O equivalente ao botão iniciar no Lubuntu, botão LXDE (Marca Vermelha).
Utilitário do Lubuntu para configurar o bloqueio de tela (Marca Azul). O equivalente ao botão iniciar no Lubuntu, botão LXDE (Marca Vermelha).

Por que isso acontece?

O problema acontece provavelmente porque o Lubuntu utiliza como "gerenciador de janelas padrão" o Openbox, diferente do Ubuntu, por isso essa incompatibilidade. Veja que para configurar a aparência de seu sistema, basta seguir os passos Botão LXDE > Preferências > Gerenciador de Configurações do Openbox. Então é preciso ter atenção para não abrir utilitários do Ubuntu no Lubuntu, suas configurações podem não funcionar.

domingo, 31 de janeiro de 2016

O Fim Do Plugin Java. E Agora?

A Oracle, empresa responsável pelo Java, está abandonando o plugin JAVA seguindo o mesmo caminho da Adobe com o Flash Player. Na minha opinião ficou claro que isso é resultado da chamada constituição da internet, o Marco Civil da Internet. Porque como eu já havia dito, essa lei obriga as empresas a adquirir ou desenvolver as ferramentas de  segurança cada vez mais completas e atualizadas.

E os bancos?
Para acessar e fazer operações bancarias, é preciso ter o plugin JAVA em seu navegador. Sem o plugin, a Oracle propôs que seja usado o Java Web Start, que tem comprovada vantagem em relação ao plugin. Deve ter apresentado muitos problemas para que ele não tivesse sido usado antes, mas agora não há como correr, os problemas precisam ser resolvidos e essa proposta tem que está pronta logo.

Tá! Mas o que é o Java Web Start e como eu uso?
A Oracle tem uma página explicando o que é e como usar o JWS, fácil de compreender, mas que só orienta nas versões Windows. No Linux, basta executar o comando abaixo e se você instalou o Java seguindo a orientação desse blog, o painel principal do Java deve abrir junto com o histórico de aplicativos Java executados.

$ javaws -viewer


Então pratique e se prepare para as mudanças, o mundo T.I. segue para algo muito mais seguro e não deve voltar atrás nessa decisão. Talvez até encontrem outra solução mais segura, mas por enquanto, é assim que vai ser.

domingo, 24 de janeiro de 2016

Print Screen (Prt Sc) no Lubuntu (Scrot)

Com o Unity, o Ubuntu ficou muito mas pesado. Como o meu notebook é modesto, passei bastante tempo usando o gnome. Mas nem o Gnome foi suficiente para trabalhar. Por essa razão eu resolvi instalar o LXDE, interface especialista em computadores com configurações limitadas. Não me arrependi, a área de notificação funcionou perfeitamente com os aplicativos extras que eu tinha instalado, como o Spotify, Telegram e Mega, ainda que com limitações. Mas é necessário aprender a usar essa interface, uma das minhas dificuldades iniciais foi em capturar a tela.

O Gnome e o Unity utilizam o "gnome-screensaver". Uso o Ubuntu 14.04 e para instalar o LXDE eu só precisei instalar o Lubuntu que tem uns 200MB e seu capturador de telas é o Scrot. Ao pressionar a tecla Prt Sc em seu teclado, você pode achar que nada aconteceu. É porque o programa está previamente configurado pra salvar em uma pasta e com um nome especificado. No meu caso, na pasta /home/[usuário]. Demorei para entender até abrir a pasta e ver as imagens salvas lá.


Você deve querer ter seu Prt Sc configurado do seu jeito, para isso basta editar o arquivo de configuração do Lubuntu "/home/[usuário]/.config/openbox/lubuntu-rc.xml". Dentro desse arquivo, localize a linha relacionada ao "Print", "A-Print" ou screenshot, e deixe da forma que você preferir. Veja, eu utilizei a combinação Shift+Prt Sc para capturar uma área selecionada com o mouse, além da captura padrão. Viu?

A opção S-Print indica que será acionado pela combinação Shift+Prt Sc a captura "--select", que quer dizer que irá captura a área selecionada com o mouse.
Feito isso, salve o arquivo. Para aplicar as alterações sem reiniciar o PC, basta digitar o comando da figura abaixo. Observe que eu usei o "man scrot" para escolher minha opções de captura favoritos. Se você fizer tudo corretamente, vai funcionar normalmente. Obs: Se você fez alterações na opção "Preferências > Aplicações pré-definidas de LxSession" e agora o "scrot" está fazendo algo que você não queira, pode apagar o campo da opção "Screenshot manager" e "screensaver" que você não deve ter problemas.






segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

A facilidade em instalar o LXDE no Ubuntu

Eu possuo um notebook muito modesto, para se ter uma ideia, leia esse artigo. Por isso eu decidir instalar o LXDE no meu Ubuntu 14.04 LTS 32bits. É impressionante como tudo funcionou perfeitamente, com exceção de 1 ou 2 problemas simples. Créditos para os responsáveis, eu não sei bem quem são mas a forma que eu instalei dá uma dica.

Para instalar essa interface eu utilizei o comando sudo aptitude install lubuntu-desktop. Lubuntu é um sistema operacional derivado do Ubuntu, mas com interface LXDE. Se você não baixou esse sistema, o comando citado permite que você instale todo o projeto Lubuntu dentro de seu Ubuntu para você usá-lo como opção. O que me surpreendeu foi como tudo funcionou perfeitamente, difícil imaginar isso no Windows por exemplo. Eu tenho muitos aplicativos, todos eles, disponíveis na área de notificações e funcionando normalmente.

Além dos aplicativos de terceiros mostrados na imagem, também tem o Psensor e o Spotify.


Avisos e Aplicativos

Logo ao instalar, o sistema avisa que o lubuntu-desktop não oferece o mesmo nível de segurança que o Ubuntu, então se você faz compras on-line é melhor não instalá-lo. O Lubuntu tem a proposta de ser leve, então ele possui toda uma lista de aplicativos que vem ao instalá-lo. Dê uma olhada na lista completa de aplicativos e veja se você irá usá-los. 

Os aplicativos tem suas diferenças em relação ao gnome. Legal o "PCManFM 1.2.0" ter uma opção para você visualizar os aplicativos instalados. Quem tem vista fraca, vai gostar. Diferente do Gnome, o LXDE mostra no ícone de conexões a força do sinal Wi-Fi. O aplicativo usado na captura de tela é o "Scrot". Provavelmente você terá problemas ao usá-lo no começo, mas não é difícil. E estou preparando um artigo ensinando a configurá-lo deixando mais amigável.


Conclusão

O LXDE é realmente leve mas o resultado final é o que chama mais atenção. A proposta é realmente muito boa e foi muito bem feita, realmente vale a pena ter o Ubuntu em seu computador com tantas possibilidades disponíveis.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Skype Não Funciona

Não sei se isso aconteceu comigo apenas, mas de uma hora pra outra o Skype parou de funcionar. Não funcionava no aplicativo e nem no navegador (webapp). Parece que agora o serviço só funciona com o seu número de celular. Basta acessar seu perfil na Microsoft que automaticamente, é solicitado o número do celular. Basta aceitar e pronto. Veja como fica:



Veja na segunda imagem que o serviço indica que o Skype está habilitado.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Hedgewars

Acho que todos conhecem o jogo "Worms", um jogo em que minhocas disputam no tapa suas diferenças. O jogo é um sucesso, nada mais natural que outros sigam a receita para fazer um clone. Bom, o jogo Hedgewars é um deles e está disponível para GNU/Linux também.

Na central de programas do Ubuntu, onde ele está disponível, ele é muito elogiado. A gente até duvida, mas ele está lá e é gratuito com possibilidade de jogar on-line, em rede local ou em modo campanha. Na central de programas ele não está atualizado, mas você pode baixar a versão mais recente e o repositório, tudo incluído em dois arquivos .deb na página oficial. Basta você clicar o link depois da instruções relacionadas ao Ubuntu baixando o executável de acordo com o tipo de sistema que você possui, 32bits ou 64bits, e baixar o hedgewars-data que deve ser instalado primeiro antes do executável.

 É isso ai! Depois basta criar uma conta e jogar a vontade.
Campo de batalha do Hedgewars.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Bancos de dados no Ubuntu

Pra quem ainda não sabe, Bill Gates, criador do MS-DOS e Windows, fundador da Microsoft, está apoiando um projeto chamado Khan Academy. Trata-se que uma ferramenta que disponibiliza cursos EAD gratuitos para qualquer um. Lá você encontra desde cursos do ensino médio como Física, Química, Biologia e Matemática, até cursos avançados como Macroeconomia, Empreendedorismo, Música, Artes e Programação. Um desses curso que você encontrará é o de Banco de Dados SQL que você encontra no menu "Hora do Código".


Na imagem acima você vê como é a interface do curso EAD, mas não é disso que vamos falar. Como eu uso Ubuntu, eu decidir mostrar aqui que, caso você decida fazer o curso de Banco de Dados da Khan Academy, não haverá problema no sistema. Como você pode ver nas imagens abaixo, o repositório oficial do Ubuntu já contem várias ferramentas para você aprender bastante. O MySQL, SQLite, MariaDB, PostgreSQL, MongoDB, Oracle, está tudo ali. E uma dica é que se você for realmente cair de cabeça na Khan Academy, compre um caderno e anote tudo. Nos sítios oficiais dos banco de dados tem documentação completa, o PostgreSQL até tem 1000 páginas tudo em português, mas para aprender mesmo, escreva tudo no caderno pra ver se você entendeu o assunto. Boa sorte!